POLIFONIA REGIONAL

23/04/2020

Em tempos de retiro obrigatório, a internet é quem mais ordena. Lá atrás, num passado ainda recente, eram as enciclopédias que organizavam e descreviam o conhecimento do mundo. Era nesses calhamaços que descobríamos os reinados, a matemática ou as mais variadas ciências. Uma educação circular que permitia para além do significado da palavra, compreender o conceito ou disciplina em si reportada. O tempo dos livros já lá vai e cá por casa, já reinam mais objectos electrónicos do que livros por ler! O paradigma mudou mas a procura pelo Homem de mundividência continuará para além de qualquer quarentena imposta pelo exterior.


No último fim-de-semana, entremeado por cabrito e batatinhas assadas, aproveitei para rever alguns dos filmes do Michel Giacometti sobre as suas recolhas etcno-musicais dos cânticos que acompanharam o trabalho rural da Beira-Baixa. Em um desses filmes, o narrador relatava que o canto da sacha fora “cantado polifonicamente a três vozes...” de imediato um dos meus filhos, que passava por perto, perguntou pelo significado da expressão “polifonicamente”... A resposta não necessariamente tremida mas embrulhada ao nível de conceito, e apesar de saber perfeitamente que a resposta deveria ser mais complexa, lá lhe expliquei que era qualquer coisa aproximada ao significado de uma melodia cantada a várias vozes. Após a frustração lá fui à internet resolver essa questão de conceito. Entre pesquisas, o que ressaltou não foi a definição mas a expressão assertiva de polifonia que “... em tempos de quarentena, um evento realizado no Fundão, juntou trinta músicos que actuaram desde suas casas em transmissão em directo e via streaming”. O Fundão FicaEmCasa Festival acabou por ser um extraordinário momento de registo dos “bons sons” e sobretudo do eclectismo musical que ainda é produzido por terras da Beira. Apesar de tudo, a nossa parcialidade ainda nos permite reconhecer a importância deste tipo de iniciativas agregadoras de uma comunidade cada vez mais distante dos meios culturais. Um momento inusitado deste ingrato confinamento permitiu o desenvolvimento e reinvenção de um espaço genuíno de partilha e gigantesca generosidade Beirã. Sem preconceitos ou descriminação, o mentor Fernando Tavares espraiou um tapete sobre campo aberto, para que estas estrelas, algumas para mim até então desconhecidas, pudessem brilhar ou sair do anonimato. Agora, só há um caminho para todos estes artistas, um palco comum, mais real, com luzes, fumos e muita música seja ela qual for.

 

Polifonia é definida pela Wikipédia enquanto “técnica compositiva em que duas ou mais vozes se desenvolvem preservando um carácter melódico e rítmico”.  Para lá do desenho deste conceito, do momento histórico do evento e da ideia de agregação de um punhado de artistas num bem comum, a principal ideia que retenho é que no Fundão, durante três dias estivemos perante uma polifonia regional, onde fica provado que é possível fazer um Festival em que os “copos” não foram a melodia!

IMG-8308.JPG